Por que visitar a cidade de Farroupilha?

salto ventoso-Farroupilha-Rek-Parking

O município oferece aos turistas boa gastronomia, vinhos finos e muitas atrações

A Serra Gaúcha é um dos principais destinos turísticos para quem opta por visitar o Rio Grande do Sul. Entre os municípios, Farroupilha – terceiro maior da região – se destaca pela diversidade de passeios. Para se ter uma ideia, ela é conhecida como a Capital Nacional do Kiwi, Capital Nacional da Malha e Capital do Espumante Moscatel.

Inclusive, devemos mencionar que a cidade é a maior produtora de kiwi do país. O que lhe rendeu até uma Festa Nacional do Kiwi (Fenakiwi). Assim, as empresas vendem seus produtos diretamente ao consumidor. Ela acontece juntamente com a ExpoFarroupilha – exposição de produtos produzidos na região, de malha a vinhos.

Além disso, Farroupilha é o berço da colonização italiana do estado. Assim, por si só, isso já garante os melhores restaurantes da região. No entanto, ainda tem influência da colonização alemã, polonesa, portuguesa e espanhola. Dessa forma, tornando a visita inesquecível.

O que fazer em Farroupilha?

Tudo vai depender do tipo de turismo que você deseja fazer:  gastronômico, enoturismo, histórico ou religioso. Farroupilha é tão fotogênica e propícia a visitação que qualquer uma das opções (ou todas juntas) vão atender suas expectativas.

Uma coisa é certa, não dá para conhecer a cidade sem visitar o seu principal ponto turístico – Salto Ventoso. Trata-se de uma cascada de 55 metros de altura que cai sobre uma gruta em forma de ferradura. Ainda há outros passeios no parque como trilhas, uma passarela que dá acesso a parte de trás da queda d´água, mirantes e etc.

Confira algumas atrações dividas por temas:

Histórico

• Museu Casa de Pedra – A antiga casa da família Fin, construída em 1896. Atualmente abriga um museu municipal. Assim, nele é possível encontrar móveis, utensílios, ferramentas e itens de uma casa datada, retratando assim os tempos da época da colonização.

• Museu Municipal Casa Moschetti – outra casa antiga e conservada que mostra aos visitantes costumes da época. Primeiramente sua dona foi Lydia Moschetti, italiana naturalizada brasileira. Ela doou o seu acervo para a cidade em homenagem à colonização italiana.

• Distrito de Nova Milano – Pode-se dizer que esse é o verdadeiro berço da colonização italiana, pois foram onde as três primeiras famílias, Sperafico, Radaelli e Crippa, se estabeleceram. Vale a visita para conhecer a sua história.

• Parque da Imigração Italiana – o Parque já é uma construção mais moderna, no entanto é uma homenagem a cultura que deu origem a região.

Religioso

• Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio – Ele é o maior santuário da região sul do país. Em maio, mais precisamente no dia 26, dia da padroeira de Farroupilha, chega a atrair 150 mil fiéis a cidade.

• Catedral de Farroupilha – Localizada na Praça Matriz, ela foi construída em 1932 e é em estilo gótico. Além disso, conta com duas torres de 49 metros de altura, piso em lajotas decoradas e detalhes em mármore.

• Igreja de São Vicente Mártir – Inaugurada em 1915, ela fica ao lado do Museu da Casa de Pedra. Apesar de mais simples do que a Catedral, ela tem um belíssimo altar.

Enoturismo (visitação a vinícolas)

• Vinícola Perini – Com mais de 100 anos de história, a vinícola proporciona visitação as instalações, degustação de vinhos e petiscos, harmonização e compras. No entanto, o mais bacana é o Bike Tour, onde você pode percorrer os vinhedos de bicicleta num percurso de cerca de 2 km.

• Cave Antiga – Ela fica localizada em um conjunto predial que foi concluído em 1948 e oferece tour de visitação, degustação e harmonização com queijos ou chocolates.

• Adega Chesini – datada de 1930, conta com roteiro que inclui visita à fonte do milagre de Santa Lúcia (Santa Luzia). Além dos vinhos é possível degustar de uma deliciosa refeição no local.

Como Chegar

A melhor forma de chegar à cidade é de carro. Os aeroportos mais próximos são Porto Alegre, cerca de 100km de distância, ou Caxias do Sul a 20 km.

Para quem optar visitar Farroupilha de carro é bom destacar que ela conta com estacionamento rotativo público administrado pela Rek Parking. Para a sua comodidade, baixe o aplicativo da Rek Pay e emita seu tíquete, renove suas horas e ache vagas livres sem perder tempo.

*Foto- Prefeitura de Farroupilha

Tags: